Festas devem reunir as celebridades após cerimônia

Com a estatueta ou não debaixo do braço, todas as estrelas têm um destino comum tão logo termine a cerimônia de entrega do Oscar: uma grande festa. Los Angeles se divide entre diversos pontos de atração, estendendo o frisson mesmo terminada a cerimônia de premiação. Apesar da diversidade, uma festa em que todos ao menos dão uma passada obrigatória é o Banquete dos Governadores, com o qual o Academia de Artes e Ciências Cinematográficas agracia todos os seus candidatos, vencedores ou não, ao final da 79ª edição do Oscar. Ao contrário da formalidade do ano passado, o encontro agora pretende ser mais relaxante. Até o menu exibirá delícias sem grande glamour, como pratos produzidos com ingredientes orgânicos.Em seguida, começa a verdadeira disputa pela atenção - todos os organizadores sabem que o sucesso de sua festa depende da quantidade de grandes estrelas presentes.Considerada uma das mais luxuosas, a festa organizada pela revista Vanity Fair é um exemplo de como se pode divulgar bem uma celebração. Afinal, tem até um tapete vermelho na entrada, disputado por fotógrafos, além de uma webcam no interior.Já uma festa que possui bons propósitos é a promovida todos os anos na Fundação Elton John, cuja renda é revertida para a luta contra a aids. A última edição da celebração arrecadou US$ 1,9 milhão para a causa, após o pagamento dos canapés, das taças e das garrafas de água. Um detalhe que se tornou importante ao longo dos anos: todas as festas, independentes de seu luxo, sempre vêm com horário de entrada e, bem claro no convite, o de saída.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.