Fernando Meirelles lança 'Ensaio Sobre a Cegueira' na Espanha

Autor do livro que recebeu Nobel, José Saramago, criticou nome que longa-metragem recebeu no país 'A Ciegas'

Efe,

03 de março de 2009 | 15h49

Como fez em Cidade de Deus e O Jardineiro Fiel, o cineasta brasileiro Fernando Meirelles voltou a apresentar nesta terça-feira, 3, seu filme baseado na obra Ensaio Sobre a Cegueira, de José Saramago, em Madri. Produção mostra a realidade pessimista e apocalíptica que o Nobel português têm da humanidade. O título para o filme, na Espanha, é A Ciegas, que significa Às Cegas. Mas Saramago protestou contra a escolha espanhola para o filme que estreia no próximo dia 13. "Fazer as coisas às cegas é fazê-las sem saber o que se quer fazer realmente, e não é isso o que ocorre nesta história, onde todos os personagens são cegos de verdade", explicou o escritor português durante o lançamento do filme na cidade espanhola.  Por outro lado, Saramago sempre elogiou a adaptação de Meirelles. "É uma adaptação quase perfeita, por que não há nada perfeito, do romance. Não gosto de adaptações literárias para o cinema, como ocorreu com Guerra e Paz, por exemplo, mas sou muito de antipatias e simpatias, e a equipe (de Meirelles) me caiu bem desde o primeiro momento", afirmou o escritor. Por isso, Saramago conta que deu "total liberdade para fazer o que quisessem", uma liberdade que Meirelles deixou de lado em mais de uma ocasião, "porque já com o roteiro nas mãos, tinha que recorrer constantemente ao livro para saber o que na realidade queria contar", apontou o cineasta. Meirelles, que abriu a última edição do Festival de Cannes com este longa-metragem, aproveita o fato de a humanidade estar paralisada por uma misteriosa epidemia de cegueira, para explorar o bom e o mau da natureza humana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.