FBI investiga plano para seqüestrar Russell Crowe

O FBI confirmou hoje que investiga uma suposta conspiração para seqüestrar o ator Russell Crowe, candidato ao Oscar pela atuação no filme Gladiador, de Ridley Scott. A confirmação foi emitida depois de uma série de versões publicadas nos meios de imprensa norte-americanos a respeito das investigações. O programa de tevê Entertainment Tonight informou que Crowe havia notificado o FBI há mais de um mês sobre seu temor em ser seqüestrado e assistiu à cerimônia de entrega do Globo de Ouro acompanhado por policiais. Crowe também teve proteção da Scotland Yard, a polícia britânica, em viagem recente a Londres.O ator separou-se de Meg Ryan no ano passado. Conheceram-se nas filmagens de Prova de Vida (Proof of Life), um retumbante fracasso de bilheteria nos cinemas norte-americanos e britânicos, ainda mais se comparado ao estrondo causado por Gladiador. No ano passado, Russell também foi indicado ao Oscar pela atuação em O Informante, e transformou-se em pouco tempo num dos atores mais influentes de Hollywood. O ator disputa a estatueta deste ano com Javier Bardem (Antes do Anoitecer), Tom Hanks (Náufrago), Ed Harris (Pollock) e Geoffrey Rush (Contos proibidos do Marquês de Sade).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.