FBI está investigando vazamento de fotos de celebridades

Agência do governo e a empresa Apple se pronunciaram sobre caso de invasão de sistema de armazenamento online que resultou na divulgação de imagens íntimas

AP

02 de setembro de 2014 | 10h35

O FBI disse que está abordando as alegações de que contas onlines de diversas celebridades - entre elas Jennifer Lawrence - foram invadidas, levando à divulgação de fotos íntimas na web.

A agência americana não confirmou quais ações serão tomadas para investigar quem foi o responsável. A empresa Apple, responsável pelo serviço de armazenamento que teria sido invadido, disse em comunicado que estava investigando o incidente.

Jennifer Lawrence, vencedora do Oscar de Melhor Atriz em 2013 por O Lado Bom da Vida, contatou autoridades depois que as imagens começaram a circular no domingo.

Fotos de outras mulheres famosas nuas também foram postadas, embora nem sempre com a autenticidade confirmada. A fonte do vazamento das imagens é incerta - elas apareceram primeiro no site 4chan, com mensagens de um hacker afirmando que tinha fotos de mais de 100 nomes da indústria do entretenimento.

O comunicado divulgado pelo FBI diz que a agência está "ciente das alegações envolvendo invasões de computador e da divulgação ilegal de material, e está encaminhando a questão", e conclui que "qualquer outro comentário seria inapropriado a essa altura".

Uma porta voz da Apple, Natalie Kerris, disse que a companhia está investigando se o serviço iCloud foi mesmo hackeado, mas não forneceu mais detalhes. "Nós tomamos a privacidade do usuário como algo muito sério e estamos ativamente investigando essa questão", afirma.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.