Fãs de 'Watchmen' podem criar comercial para o filme

Brasileiros e internautas de mais oito países pode participar do concurso proposto pelo diretor Zack Snyder

Da Redação,

08 de julho de 2022 | 16h14

O diretor de Watchmen - O Filme, Zack Snyder (o mesmo que dirigiu 300, com Rodrigo Santoro no elenco), lançou um concurso aos internautas do Brasil e de mais oito países para participar da adaptação da obra-prima de Alan Moore e Dave Gibbons, que tem estréia prevista para 6 de março de 2009. Os fãs da história poderão criar comerciais dos produtos da Veidt Enterprises para fazer parte da produção.  Veidt Enterprises é uma companhia fictícia do personagem Adrian Veidt e seu alter-ego Ozymandias, que em Watchmen - O Filme é vivido pelo ator Matthew Goode. As regras do concurso e a ficha de inscrição estão disponíveis no site do filme. É preciso baixar os recursos de definição padrão e/ou de alta definição para criar o comercial. Os comerciais deverão ter 15, 30 ou 60 segundos de duração e ter a proporção entre altura e largura de 4:3. Os logotipos da companhia também estão no site para downloads. Os participantes podem enviar seus comerciais até 13 horas de 31 de julho. Como prêmio, os 3 finalistas de cada país envolvido ganharão uma imagem do filme assinada pelo diretor e concorrerão para aparecer no filme. Além disso, os 3 finalistas e ainda os 20 melhores colocados receberão um relógio de contagem regressiva e um chaveiro de Watchmen - O Filme.  Watchmen - O Filme conta o que aconteceria se existissem heróis mascarados no mundo real. Na história, o Relógio do Juízo Final - que traça o gráfico da tensão entre os EUA e a União Soviética - marca permanentemente cinco minutos para a meia-noite. A adaptação terá Stephen McHattie como Hollis Mason, o Coruja original, Patrick Wilson como o segundo Coruja, Jackie Earle Haley como Rorschach, Billy Crudup como Dr. Manhattan, Matthew Goode como Ozymandias, Malin Akerman como Espectral e Jeffrey Dean Morgan como Comediante.

Tudo o que sabemos sobre:
Watchmen - O Filme

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.