Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Família Gucci pede que Scorsese não use livro

Esquenta novamente a novela sobre a família Gucci. Vários herdeiros do sobrenome mais famoso da moda italiana estão colocando suas desavenças de lado para pedir que Martin Scorsese não use o livro Gucci: A House Divided como base para sua versão da história. Guccio Gucci, que faz parte da terceira geração da família e que leva o nome do fundador da marca, enviou um apelo a Scorsese esta semana. "Você é um grande diretor, por favor não dê atenção a um livro que é uma verdadeira novela escrita com depoimentos de segundas e terceiras esposas", disse ele. O cineasta, que está atualmente na Itália rodando Gangs of New York, estaria planejando usar o livro escrito pelo jornalista inglês Gerald McKnight em 1987 como base para o projeto. O volume, que contém detalhes sobre as incontáveis brigas e processos entre os membros da família, é considerado bem mais sensacionalista do que The House of Gucci, escrito pela correspondente do "Women´s Wear Daily" em Milão, Sarah Gay Forden, publicado há poucos meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.