Família e amigos se despedem de Gregory Peck

Mais de 3 mil familiares, fãs e amigos se despediram do ator Gregory Peck em uma missa fúnebre realizada nesta terça-feira em Los Angeles. Peck morreu na última sexta-feira em casa, por causas naturais, aos 87 anos. Atores de Hollywood e outras celebridades estiveram na cerimônia. Entre eles estavam Lauren Bacall, Calista Flockhart, Angelica Huston, Harrison Ford, Harry Belafonte, Michael Jackson e Brock Peters. Peters, hoje com 75 anos, contracenou com Peck no filme que lhe deu o Oscar em 1962, O Sol É Para Todos. Ele vivia o negro injustamente acusado de estupro que o advogado Atticus Finch (Peck) defende no tribunal. Como que numa retribuição real ao favor prestado na ficção, Brock Peters fez um discurso sobre o amigo morto.Atticus Finch é um personagem que marcou época. Além de render a Peck seu único Oscar, o advogado virou um símbolo até hoje reconhecido de abnegação e amor pelo próximo. A prova é que Finch foi eleito pelo American Film Institute como o maior herói da história do cinema. O cardeal-arcebispo de Los Angeles, que rezou a missa, disse que Peck "tinha profundidade e realização extraordinárias. Mas Gregory não teve que atuar para ser um excepcional ser humano".As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

Agencia Estado,

17 de junho de 2003 | 14h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.