Falso repórter elogia filmes da Columbia

A Sony admitiu embaraçosamente que os filmes lançados pela Columbia Pictures recebiam críticas superentusiasmadas de um falso crítico de cinema. Seu departamento publicitário criou um jornalista imaginário David Manning, cujos elogios exagerados eram imediatamente utilizados em campanhas publicitárias ao lado da opinião de outros críticos que realmente existiam. O entusiasmo de Manning permitiu à Columbia sustentar nos últimos tempos pelo menos quatro longas-metragens. Por exemplo, o jovem Heath Leadger, protagonista de A Nignight´s Tale, foi definido por Manning como "o astro mais quente do ano". O filme The Animal, que foi destruído pela crítica em geral, para Manning foi, sem dúvida, "outro filme ganhador" da Columbia.Juízos superlativos de um jornalista inexistente foram utilizados pela Columbia em campanhas publicitárias de seus filmes Hollow Man e Vertical Limit (Limite Vertical). O engano foi descoberto quase casualmente, pela revista Newsweek.Manning era identificado como um crítico do Ridgefield Press, um obscuro semanário de Connecticut. Quando um repórter da Newsweek telefonou para o semanário para falar com Manning, descobriu que ele não existia. "Foi uma decisão totalmente estúpida tomada por alguém da agência de publicidade", admitiu uma porta-voz da Sony. "Estamos boquiabertos; já iniciamos uma investigação e o responsável será punido".Já a Newsweek assinala hoje que "é uma iniciativa inútil, porque as companhias cinematográficas não têm nenhuma dificuldade em obter críticas favoráveis de publicações menores graças ao mecanismo de "incentivo" (jabá). Segundo a publicação, os jornalistas são levados a Los Angeles ou a Nova York, com avião e estadias em hotéis de luxo pagos pelas companhias para que conheçam os protagonistas do filme em vias de estrear nos Estados Unidos. Estes periodistas elaboram, quase inevitavelmente, comentários favoráveis sobre os filmes, destaca Newswek.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.