"Fahrenheit 9/11" será exibido pela internet

O polêmico documentário Fahrenheit 11 de Setembro, de Michael Moore, será exibido pela internet em sistema pay-per-view hoje, véspera da eleição presidencial nos Estados Unidos.A exibição do documentário anti-Bush, no sistema pay-per-view, vai custar US$ 9,95 (cerca de R$ 28,45) aos espectadores. O filme está disponível no site do provedor CinemaNow e também poderá ser visto em dezembro. Segundo Curt Marvis, um dos presidentes da CinemaNow, Moore e a Fellowship Adventure Group, uma das distribuidoras do filme, concordaram em doar sua parte nos lucros a uma instituição de apoio a veteranos. O documentário, lançado em vídeo este mês, critica a maneira como o presidente George W. Bush lidou com o terrorismo e a guerra no Iraque, além de denunciar laços entre a família Bush e a família real saudita. O filme ganhou mais de US$ 100 milhões nos cinemas, um recorde de bilheteria para documentários.O cineasta Michael Moore garantiu que vai colocar milhares de voluntários, com câmeras em punho, em Ohio e na Flórida no dia da eleição. Objetivo: garantir que não ocorram irregularidades. No dia 28, as autoridades da Flórida começaram a investigar o sumiço de 60 mil cédulas eleitorais enviadas pelo correio aos eleitores nos primeiros dias do mês. Quase 1,5 milhão de pessoas votaram antecipadamente no Estado. Moore - inimigo público de Bush -, garantiu que deseja flagrar tentativas de irregularidade no sentido de impedir o comparecimento ou intimidar os eleitores na hora de votar. "Os republicanos acreditam em eleições roubadas, mas muita gente lutou e morreu pelo direito de votar. Vamos assegurar que todos votem e que cada voto seja contado", afirmou. O cineasta afirmou que já conta com 1.200 voluntários. O assessor de imprensa de Moore disse ainda que ele pretende visitar a Flórida e Ohio na terça-feira.

Agencia Estado,

01 de novembro de 2004 | 09h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.