Ex-'Friends' estréia na direção com 'Maratona do Amor'

Filme de David Schwimmer traz história de um típico britânico que fará de tudo para reconquistar sua ex-noiva

Alysson Oliveira, da Reuters,

08 de abril de 2030 | 12h52

O ator David Schwimmer, que fazia o Ross da série Friends, estréia na direção de cinema com a comédia romântica Maratona do Amor. Ele cruza o Atlântico para situar em Londres seu filme, que entra em circuito apenas em São Paulo nesta quarta-feira, 30.    Veja também: Trailer de 'Maratona do Amor'  O protagonista é Dennis Doyle, vivido pelo inglês Simon Pegg, de Terra dos Mortos. Ele é um típico britânico, pacato, fumante, com um humor peculiar e sem muitos problemas, a não ser um grande erro no passado. Ele abandonou sua noiva Libby (Thandie Newton) grávida no altar. Cinco anos depois, a culpa continua a atormentá-lo, ainda mais porque ele ainda ama Libby. Para piorar a situação, eles se encontram todas as vezes que ele vai buscar o filho Jake (Matthew Fenton) na casa dela. Simon viveria nessa situação dúbia pelo resto da vida, não fosse o fato de Libby ter arrumado um namorado. O norte-americano Whit (Hank Azaria) é um sujeito bem-sucedido, que está agradando não apenas a Libby, mas também ao pequeno Jake. Cansado de levar a pior, Simon decide que chegou a hora de ser um vencedor - literal e metaforicamente - e conquistar novamente o coração de sua amada. Para isso, ele se inscreve numa maratona beneficente que acontecerá em Londres, para a qual, aliás, o rival Whit vem treinando exaustivamente. A competição será em três semanas e o protagonista está, como ele mesmo diz, apenas "fora de forma". Seus treinadores serão o amigo Gordon (Dylan Moran) e o proprietário da casa onde mora, o Sr. Goshdashtidar (Harish Patel). O roteiro de Maratona do Amor é assinado pelo protagonista Pegg e por Michael Ian Black. A história originalmente se passava em Nova York, mas com a inclusão de produtores ingleses financiando o filme, o cenário foi mudado. Com isso, a comédia fica mais próxima de outras inglesas como Um Grande Garoto. Mas também guarda semelhanças com produções americanas dos irmãos Bobby e Peter Farrelly (Quem Vai Ficar Com Mary?). A trilha sonora com várias canções pop adicionam um charme ao filme. Fazem parte desde Queen Beat, de David Bowie, até a brasileira Beach Samba - nome em inglês de Bossa na Praia, de Peri Ribeiro e Geraldo Cunha, na voz da cantora Astrud Gilberto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.