Ex-diretor do Festival de Berlim assume Veneza

O suíço Moritz De Hadeln, de 62 anos, foi eleito o novo diretor do Festival de Cinema de Veneza, conforme anunciou hoje o conselho do evento. Até o ano passado, De Hadeln vinha dirigindo outra prestigiada mostra européia, o Festival de Berlim.A escolha levantou polêmica. O cineasta e ex-diretor do Festival de Veneza Carlo Lizzani disse que "De Hadeln pode fazer um bom festival, mas de todo modo é desconcertante que não se tenha encontrado um italiano a quem confiar a mostra".O marido de Claudia Cardinale, o também cineasta Pasquale Squietieri, também reclamou que o cargo seja ocupado por um estrangeiro: "Não creio que Gianluigi Rondi seria chamado para dirigir o festival de Berlim".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.