Ex-boxeador diz que "Rocky" é a sua história

Sylvester Stallone está sendo processado por um ex-boxeador, que quer parte do dinheiro ganho com os filmes da série Rocky. Chuck Wepner alega que os filmes de Stallone são inspirados na sua carreira. Wepner diz no processo que Stallone já citou várias vezes uma luta sua de 1975, em que perdeu para Muhammad Ali, como inspiração para os filmes. O primeiro Rocky venceu o Oscar de melhor filme em 1976. O advogado do ex-boxeador, Anthony Mango, diz que Stallone usa o nome de Wepner repetidamente "para promover a franquia de Rocky sem qualquer permissão ou compensação". Sua estimativa é de que, ao todo, os filmes e seus derivados tenham rendido cerca de US$ 1 bilhão. Segundo ele, Wepner quer parte deste dinheiro. No processo, o advogado diz tambén que Stallone teria prometido a Wepner compensações financeiras por várias vezes, mas que nunca pagou-lhe nada. A assessoria de Stallone não quis comentar a acusação. Wepner começou a carreira de lutador em Nova Jersey. Depois de algumas vitórias, ele chamou a atenção do lendário empresário do boxe Don King, que o propôs uma luta pelo título dos pesos pesados com o então campeão mundial George Foreman. Quando Muhammada Ali derrotou Foreman, Wepner desafiou o novo campeão. Eles lutaram em março de 1975, e Wepner chegou a derrubar Ali no nono assalto, mas o campeão venceu Wepner com um nocaute técnico no 15º assalto, a 19 segundos do fim da luta. Hoje, Wepner é vendedor de licores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.