REUTERS/Mario Anzuoni
REUTERS/Mario Anzuoni

Eva Green revela episódio desagradável com Harvey Weinstein

Atriz e produtora conta que 'teve de empurrá-lo para evitar algo pior'

BCC

14 Outubro 2017 | 13h03

Na onda das recentes acusações de abuso sexual contra o produtor Harvey Weinstein, a atriz Eva Green, estrela de filmes como 007: Cassino Royale, 300: A Ascensão do Império, O Lar das Crianças Peculiares, e da série Penny Dreadful, declarou publicamente que ficou "chocada e com nojo" após uma reunião que teve junto a Weinstein em Paris. "Eu o encontrei para uma reunião de negócios em Paris, na qual ele se comportou de forma inadequada e então eu tive que afastá-lo."

A declaração veio após a mãe da atriz ter comentado sobre o caso em uma entrevista a uma rádio francesa. Procurada pela revista Variety, Eva confirmou o "comportamento inadequado" do produtor em relação a ela e disse que, teve de empurrá-lo para evitar algo pior. "Consegui me livrar dele sem maiores problemas, mas a experiência me deixou chocada e com nojo", admitiu a atriz.

Eva acrescenta que não contou sobre o ocorrido porque quis manter sua privacidade. "Somos frequentemente condenadas quando resolvemos falar e, muitas vezes, terminamos com a reputação abalada", contou.

LEIA MAIS: Quentin Tarantino e Jane Fonda se pronunciam sobre assédio de Harvey Weinstein

 

 

Mais conteúdo sobre:
Eva Green

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.