MGM
MGM

Eunice Gayson, a primeira Bond girl dos filmes '007', morre aos 90 anos

Na primeira cena com Sean Connery, o ator pronunciou uma das frases mais famosas de seu personagem: "Bond, James Bond", disse ele.

EFE

09 Junho 2018 | 15h55

A inglesa Eunice Gayson, conhecida por ter interpretado o par romântico de James Bond nos dois primeiros filmes do agente secreto 007, morreu na última sexta-feira, 8, aos 90 anos, segundo informou neste sábado a conta oficial da atriz no Twitter.

Na mensagem na rede social, Eunice é descrita como "uma mulher incrível que deixou uma lembrança inesquecível em todos aqueles que a conheceram".

Os produtores da saga cinematográfica, Michael G. Wilson e Barbara Broccoli, prestaram uma homenagem à artista na conta oficial do Twitter da marca James Bond.

"Estamos muito tristes pelo falecimento de Eunice Gayson, a nossa primeira Bond girl, que interpretou Sylvia Trench em O Satânico Dr. No e Moscou Contra 007", escreveram ambos, ao mesmo tempo que ofereceram condolências à família.

Nascida em Croydon, ao sul de Londres, em 17 de março de 1928, a atriz foi a primeira protagonista feminina que apareceu junto a Sean Connery, no filme O Satânico Dr. No, de 1962.

Na primeira cena juntos, o ator pronunciou uma das frases mais famosas de seu personagem, após a personagem de Gayson perguntar seu nome: "Bond, James Bond", disse ele.

 

Mais conteúdo sobre:
James BondSean Connery

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.