"Eu Tu Eles não é um tratado sobre o sertão", diz Andrucha

"Eu Tu Eles conta a história de quatro pessoas, não é um tratado sobre o sertão". Essa foi a definição dada pelo diretor Andrucha Waddington na coletiva de divulgação de seu filme que estréia sexta-feira em todo o Brasil. Participaram também da entrevista a atriz Regina Casé e o ator Stênio Garcia. A produção vem chamando a atenção da mídia desde que recebeu uma menção especial da Fondation Gan Pour le Cinema que destacou dois títulos da mostra Un Certain Regard do 53º Festival de Cinema de Cannes. Também em julho, no 35º Festival de Karovy Vary, da República Theca, a história do diretor brasileiro ficou com o Globo de Cristal de Melhor Filme e Regina Casé, protagonista do filme, recebeu o prêmio de melhor atriz. "Até janeiro vamos participar de mais 25 festivais", disse Andrucha.Eu Tu Eles é baseado na história real de uma mulher que vive com três homens sob o mesmo teto no sertão do Ceará. Assistindo a uma matéria num programa de televisão, Andrucha Waddington teve a certeza de que ali existia um bom argumento para um roteiro. Poucos dias depois, o diretor viajou com a roteirista Elena Soarez atrás da mulher. Ela aceitou que fizessem um filme sobre sua vida, desde que não mostrassem sua história particular. "Até hoje eu não conheço a verdadeira Darlene. O Andrucha não quis que eu tivesse contato com ela durante as filmagens", contou Regina Casé ao ser indagada sobre a mulher que inspirou seu personagem. Stênio Garcia interpreta um dos três maridos. Os outros dois são interpretados por Lima Duarte e Luiz Carlos Vasconcelos.Com o sucesso nos festivais internacionais a indicação do filme Eu Tu Eles para representar o País na disputa ao Oscar parece bastante possível. Andrucha não assumiu a vontade de que sua produção seja escolhida, mas também não escondeu que gostaria de ser indicado. "Não fiz esse filme pensando em algum festival, mas é lógico que se formos escolhidos vai ser uma honra". Independente de ser indicado ou não, o filme tem a distribuição internacional garantida. A Sony Classics vai distribuir a produção nos EUA e Canadá, e a Columbia Pictures nos outros continentes. "Se o filme for realmente indicado ao Oscar, Eu Tu Eles deve estrear no início de dezembro nos EUA", deixou escapar Andrucha.Novos projetos - Pela primeira vez em sua carreira, Regina Casé é a protagonista de um filme. "Depois de tantos anos trabalhando na televisão só agora voltei a ser destaque nos cadernos culturais. Cinema dá status", declarou a atriz. Desde que assumiu seu lado de entrevistadora, Regina Casé havia se afastado da dramaturgia. Interpretar Darlene em Eu Tu Eles reacendeu sua vontade de atuar novamente. "Já recebi alguns convites de cinema e vou estudar as propostas".Apesar do filme estar recebendo elogios pelos festivais que participa, Andrucha aproveitou para fazer um desabafo. "Alguns segmentos da imprensa não tem boa vontade com o cinema brasileiro. Parece que ainda somos colonizados. É muito triste esse ódio que algumas pessoas têm do cinema brasileiro. Questionado sobre seus novos projetos, o diretor não quis contar detalhes. "Ainda é muito cedo para falar. Prefiro só falar quando já estiver filmando", completou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.