"Eu, Tu, Eles" é o escolhido para tentar vaga no Oscar de 2001

O filme Eu, Tu, Eles, de Andrucha Waddington, foi escolhido há pouco em Brasília para tentar representar o Brasil no Oscar de 2001. A produção foi selecionada por uma comissão formada pelos cineastas Nelson Pereira dos Santos, de A Terceira Margem do Rio e Rio 40 Graus, Helvécio Ratton, de Amor & Companhia, Sandra Werneck, de Pequeno Dicionário Amoroso, Cacá Diegues, de Orfeu e Bye Bye Brasil, e Arnaldo Jabor, de Eu Sei que Vou Te Amar e Toda Nudez Será Castigada.O filme de Andrucha concorria com outras nove produções: Estorvo, de Ruy Guerra, Castelo Rá-Tim-Bum, de Cao Hamburger, Através da Janela, de Tata Amaral, Villa-Lobos - Uma Vida de Paixão, de Zelito Viana, Amélia, de Ana Carolina, O Auto da Compadecida, de Guel Arraes, Hans Staden, de Luiz Alberto Pereira, O Dia da Caça, de Alberto Graça e A 3ª Morte de Joaquim Bolivar, de Flávio Cândido.Eu, Tu, Eles conta a história de uma mulher que vive com três maridos na mesma casa no sertão do Ceará. O roteiro é baseado em fatos reais. O segundo longa-metragem de Andrucha vem agradando nos festivais internacionais. Em setembro, Andrucha recebeu o prêmio de melhor diretor da "nova geração" no Festival de Cinema de Hamburgo. Vale lembrar, que Eu Tu Eles, também recebeu menção especial da Un Certain Regard, uma mostra paralela do Festival de Cannes. Em julho, no 35º Festival de Karovy Vary, da República Theca, recebeu o Globo de Cristal de Melhor Filme, e a protagonista Regina Casé ficou com o prêmio de melhor atriz.O governo brasileiro deve entregar o formulário de inscrição à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood até o dia 1º de novembro e a fita do filme até o dia 15 do mesmo mês. Depois disso, os membros da Academia vão assistir aos filmes inscritos e escolher 5 finalistas para a categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Agencia Estado,

24 de outubro de 2000 | 15h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.