Jordan Strauss/Invision/AP
Jordan Strauss/Invision/AP

'Eu superei': comediante Kevin Hart descarta possibilidade de apresentar o Oscar 2019

A Academia, que concede as estatuetas douradas, ainda não anunciou um substituto para Hart

Jonathan Allen, Reuters

09 de janeiro de 2019 | 17h15

O comediante Kevin Hart descartou a possibilidade de apresentar o Oscar deste ano porque não teria mais tempo para se preparar para a cerimônia, dias depois de dizer que estava reavaliando a decisão de desistir de liderar a premiação após ser alvo de críticas por comentários homofóbicos feitos no passado.

Hart disse ao canal ABC que não está mais disposto a falar sobre os comentários feitos no Twitter em 2010 e 2011, que fizeram com que ele desistisse da função, dizendo que suas explicações e pedido de desculpas anteriores já são suficientes.

“Eu superei”, disse repetidamente a quase todas as perguntas sobre o assunto durante a, em alguns momentos desagradável, entrevista ao programa Good Morning America da ABC.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou Hart como apresentador do Oscar em dezembro, mas o comediante abriu mão da função logo em seguida em meio a críticas sobre seus antigos tuítes.

Na semana passada, Hart disse estar reavaliando a decisão depois que a comediante abertamente homossexual Ellen DeGeneres, que já apresentou o Oscar, disse ter ligado para a Academia para defendê-lo. Nesta quarta-feira, parece que a reavaliação já terminou.

“Não, eu não vou apresentar o Oscar esse ano”, disse durante a entrevista à ABC. “Não está nos planos de Deus agora”, afirmou, acrescentando que não descarta a possibilidade de apresentar a premiação no futuro.

A Academia, que concede as estatuetas do Oscar, ainda não anunciou um substituto para Hart.

 

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    Kevin HartOscar [prêmio de cinema]

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.