Reprodução
Reprodução

Estúdio confirma adaptação de 'Onde Está Wally?' para os cinemas

Febre nos anos 90, série de livros já foi transformada em seriado de TV, gibi, e até videogame

EFE

08 de novembro de 2011 | 16h07

(EFE) - A Metro Goldwyn Mayer (MGM) anunciou na última segunda-feira que planeja rodar um filme baseado na série de livros Onde está Wally?, cujos direitos cinematográficos já passaram por vários estúdios.

 

Criados pelo ilustrador britânico Martin Handford no final dos anos 1980, os livros são protagonizados por um personagem chamado Wally, um turista desengonçado com uma blusa de listras vermelhas e brancas, gorro, bastão e jeans azuis.

 

O objetivo dos livros, um fenômeno sociológico com mais de 55 milhões de exemplares vendidos, era encontrar Wally, escondido em uma multidão de personagens, dentro de dezenas de paisagens de todas as épocas.

 

Inicialmente, a adaptação destas histórias estaria a cargo dos estúdios Paramount e Nickelodeon, que pensaram no diretor John Schultz para comandar um projeto com roteiro de Adam Rifkin.

 

O argumento se centrava em Wally, chamado de Waldo nos Estados Unidos e no Canadá, imerso em várias viagens temporais após ativar por acidente uma máquina do tempo. No entanto, a Paramount desistiu do projeto e os direitos recaíram em 2009 sobre a Universal, através de sua companhia Illumination Entertainment, até finalmente chegar à MGM.

 

 

"Estamos muito felizes por levar Wally ao cinema", disse o presidente de produções cinematográficas da MGM, Jonathan Glickman. "Ao lado nossos sócios da Classic Media, esperamos criar uma aventura mundial que atraia admiradores de todas as idades", acrescentou.

 

Por sua parte, o executivo-chefe da produtora Classic Media disse que Wally é "o personagem mais procurado do mundo" e que graças a sua união com a MGM, os fãs poderão se divertir com ele na grande tela.

Tudo o que sabemos sobre:
WallyMGM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.