Estrelas do Oscar, em almoço tradicional

Os candidatos ao Oscar se reuniram para o tradicional almoço promovido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Isso acontece há 25 anos.O encontro reuniu cerca de cem candidatos ao Oscar no salão de banquetes do hotel Beverly Hilton de Los Angeles, e contou com a participação de 17 dos 20 indicados nas categorias de interpretação, na segunda-feira.Trata-se de um desfile familiar pelo tapete vermelho, já que muitos fizeram isso há pouco menos de um mês quando concorriam ao Globo de Ouro, prêmio concedido anualmente pela Associação da Imprensa Estrangeira, e que acontece no mesmo salão.No entanto, desta vez sem nervosismo nem lantejoulas, e os flashes dos fotógrafos e as perguntas dos jornalistas foram reduzidos ao mínimo.Como ressaltou a Academia, o almoço, realizado pela primeira vez em 9 de março de 1982, tem como meta reunir um grupo de profissionais com um objetivo comum: o Oscar. Diretores de fotografia, compositores, atores, produtores, maquiadores, roteiristas e especialistas em efeitos especiais dividem as mesas sem o nervosismo da esperada cerimônia de entrega.Durante o almoço não há vencedores ou perdedores, apenas conselhos, especialmente por parte da Academia, que aproveita a reunião para explicar aos novatos o que podem esperar no decorrer da cerimônia que será realizada em 5 de março, no teatro Kodak de Los Angeles.Nesta edição, dos 20 candidatos ao Oscar nas categorias de melhor interpretação, 14 são novatos e apenas quatro chegaram até o final e já ganharam um Oscar.Também há conselhos para veteranos, como o compositor John Williams, que com Munique e Memórias de uma Gueixa defende sua 44.º e 45.º indicação, número superado apenas pelos estúdios Walt Disney, com um total de 59.David Strathairn, indicado por Boa Noite e Boa Sorte, também não compareceu devido à promoção de seu filme na Europa, e Judi Dench, novamente candidata ao Oscar, dessa vez por Senhora Henderson Apresenta, já participou do almoço tantas vezes que já deve saber até o menu.O Oscar acontece em 5 de março, mas, durante o almoço, a Academia entrega o que soa como prêmio de consolação: um certificado de participação e uma foto do grupo. Além disso, também há uma camiseta comemorativa oficial, muito mais séria do que as turísticas que dizem "Meus pais foram a Hollywood e tudo o que me trouxeram foi uma triste camiseta".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.