Estréia de "Star Wars" causará prejuízo aos EUA

A estréia do terceiro episódio de Star Wars - A Vingança dos Sith nesta quinta-feira causará um prejuízo de US$ 627 milhões à economia americana. Este é o valor calculado para a perda de produtividade no país pela empresa de consultoria cinematográfica Challenger, Gray and Christmas."Nós já estamos prevendo para o fim de semana de estréia um grande público, que ansiava por um grand finale para esta jornada de 28 anos", disse John Challenger.Ele previu prejuízos levando em conta a falta de funcionários ao trabalho na estréia dos outros filmes da série, a proporção dessa ausência em empregos de período integral e os salários médios."Claro que estas estimativas provavelmente são conservadoras, diante das ótimas críticas que o filme vem recebendo", afirmou Challenger.O filme vai ser lançado simultaneamente em vários países. Nos Estados Unidos, será mostrado em 3.661 salas. No Brasil, está em cartaz em mais de 400 salas.Um número recorde de ingressos foi vendido antecipadamente no mercado americano e em vários países, de acordo com analistas. No Brasil, cerca de 17 mil ingressos antecipados foram vendidos para as primeiras sessões.Há uma expectativa de que o filme se torne campeão de bilheteria. E o filme poderá render até mais do que outros grandes campeões de bilheteria. Uma cadeia de cinemas divulgou que suas vendas antecipadas foram 60% superiores ao obtido por O Senhor dos Anéis - A Volta do Rei, que arrecadou US$ 124 milhões nos primeiros dias de exibição nos Estados Unidos.As autoridades dizem que esperam que cópias em DVDs piratas do filme inundem o mercado. Foram apreendidas em Londres cerca de 400 capas de DVDs e discos com a apresentação do diretor George Lucas."Isso nos diz que os caras malvados estão preparando uma inundação deste produto", disse Jim Angell, da Federação Contra o Roubo de Direitos Autorais (Fact, em inglês).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.