Estreia de 'Alice no País das Maravilhas' bate recordes em 3-D

Estrelada por Mia Wasikowska, Johnny Depp e Helena Bonham Carter, o filme supera as expectativas

EFE,

08 de março de 2010 | 17h02

Cena do filme de Tim Burton que conquista os espectadores americanos. Foto: Divulgação/EFE

 

WASHINGTON - A "Alice no País das Maravilhas" criada por Tim Burton se firmou nas bilheteria americanas como a estreia em 3D com maior arrecadação em 2010.

 

O filme faturou US$ 116,3 milhões em seu primeiro fim de semana nos cinemas nos Estados Unidos, segundo dados do site "Box Office Mojo".

 

Estrelada por Mia Wasikowska, Johnny Depp e Helena Bonham Carter, o filme superou as expectativas e acabou com as 13 semanas de hegemonia de "Avatar".

 

Maior bilheteria da história, o filme de James Cameron já arrecadou US$ 2,5 bilhões e faturou US$ 77 milhões em seu fim de semana de estreia.

 

O filme confirmou também o crescimento do cinema em 3D. Apesar de ainda não ter estreado em 40% do mercado internacional, "Alice" já arrecadou um total de US$ 210 milhões pelo mundo.

 

Esse também é o melhor número na carreira de Burton, superando o "remake" de "Planeta dos Macacos" (2001), que faturou US$ 68,5 milhões na estréia.

 

Deep, por sua vez, teve sua segunda melhor estreia, ficando atrás apenas da segunda parte de "Piratas do Caribe".

 

O segundo lugar na bilheteria do fim de semana ficou com o drama "Atraídos pelo Crime", do diretor de "Dia de Treinamento", Antoine Fuqua.

 

Já o thriller de Martin Scorsese "Ilha do Medo", há três semanas no cinema, caiu para a terceira posição, ao arrecadar US$ 13,3 milhões.

Mais conteúdo sobre:
'Alice no País das Maravilhas'

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.