ESTRÉIA-Crocodilo gigantesco causa terror em 'Morte Súbita'

Um crocodilo gigantesco é a estrela do suspense "Morte Súbita", em estréia nacional. Protagonizado por Michel Vartan (da série de televisão "Alias") e Radha Mitchell ("Melinda e Melinda"), o longa é dirigido por Greg Mclean, de "Wolf Creek - Viagem ao Inferno". Pete McKell (Vartan) é um americano que escreve guias de viagens. Ele vai até uma região da Austrália famosa por ser o lar de muitos crocodilos. Para conhecer melhor o local, ele participa de um passeio guiado por Kate Ryan (Radha). Estranhando o ambiente, o rapaz não conversa muito com seus companheiros de viagem, como Simon (Stephen Curry), o viúvo Russell (John Jarratt), uma família inglesa formada por Allen (Geoff Morrell), sua mulher Elizabeth (Heather Mitchell) e a filha Sherry (Mia Wasikowska). O passeio é perturbado por alguns pequenos incidentes, como a chegada do ex-namorado de Kate, Neil (Sam Worthington), que acaba batendo de frente com Pete e gerando tensão entre os passageiros. Mal sabem eles que um problema bem maior está por vir, quando são obrigados a ficar numa pequena ilha no meio do rio. Como a maioria dos filmes envolvendo água, turistas e criaturas assustadoras, é impossível não relacionar "Morte Súbita" a "Tubarão" - o pilar do gênero, dirigido Steven Spielberg em 1975. Aqui, entra em cena um crocodilo enorme criado por computação gráfica, mas convincente o bastante para parecer real, o que desperta um medo primário nos personagens de serem devorados um a um. Para criar a trama, McLean, que também assina o roteiro, foi buscar inspiração em histórias de seu próprio país, a Austrália. No final dos anos de 1970, um crocodilo atacava barcos pesqueiros no Rio Finniss e acabou capturado. Hoje, seu esqueleto de mais de 5 metros está exposto num museu. (Por Alysson Oliveira, do Cineweb)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.