Estadao inaugura site colaborativo da Mostra de Cinema de SP

Os internautas poderão votar nos filmes que gostaram e nos que não gostaram para formar ranking

estadao.com.br,

22 de outubro de 2009 | 04h00

A Mostra Internacional de Cinema de São Paulo mais uma vez ganha cobertura especial no endereço estadao.com.br, que inaugura nesta sexta-feira, 23, um site colaborativo para o evento. Os internautas poderão votar nos filmes que gostaram e nos que não gostaram. Essas opiniões formarão um grande ranking com todos os 424 filmes exibidos no festival. A ideia é ajudar a resolver uma das principais questões do cinéfilo: qual filme ver no meio de tantas opções?

 

Veja também:

link Blog colaborativo da Mostra de Cinema 2009

link Twitter da Mostra de Cinema 2009

 

O site também traz a ficha técnica de todos os filmes, com foto, sinopse, agenda, etc. Nas páginas individuais de cada título, há espaço para o público debater o filme em questão, expressar opiniões e fazer comentários.

 

Ainda nessa linha, o estadao.com.br está com um Twitter especial para a Mostra, onde pedirá a opinião dos internautas sobre o que assistiram e receberá sugestões de temas e enfoques a serem abordados na nossa cobertura. Basta escrever um 'twitt' com a tag #mostra2009. O serviço também trará as principais novidades do evento. Para seguir: www.twitter.com/mostra_estadao.

 

Além de colaboração, o site da Mostra também terá o dia a dia do festival. Caderno 2 e Guia, de O Estado de S. Paulo, Variedades, do Jornal da Tarde, e a equipe do estadao.com.br farão uma cobertura intensiva para o site nessas duas semanas da Mostra e trarão reportagens, vídeos e posts em blogs, com dicas do que assistir, crítica dos filmes, curiosidades e entrevistas com os diretores que estarão na cidade. A agenda diária também poderá ser acessada pelo celular, quando você estiver em trânsito. Basta digitar no navegador do seu aparelho: m.estadao.com.br.

Tudo o que sabemos sobre:
mostrasp2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.