Esquilos fazem sucesso como músicos no infantil 'Alvin'

Longa 'Alvin e os Esquilos' conta a origem dos personagens, criados em 1958, apresentando-os às novas gerações

Alysson Oliveira, da Reuters,

08 de janeiro de 2003 | 10h22

Uma combinação de nostalgia para os adultos e novidade para as crianças é a proposta da comédia musical Alvin e os Esquilos, que estréia em todo o país nesta sexta-feira, 4, em cópias dubladas.  Veja também:Trailer de 'Alvin e os Esquilos'  Criados em 1958 pelo músico Ross Bagdasarian, os personagens ganharam fama no início da década de 1960 com um desenho animado na TV. O esperto Alvin, o inteligente Simon e o doce Theodore, três irmãos esquilos, são 'adotados' por Dave Seville após serem encontrados por ele em sua cozinha. O longa Alvin e os Esquilos conta a origem dos personagens, apresentando-os às novas gerações. Os animais vão conhecer Dave (Jason Lee, de O Balconista 2) quando ele tenta, sem sucesso, vender mais uma de suas composições musicais. Logo Dave descobre que o trio de roedores pode ser uma mina de ouro. Alvin, Simon e Theodore são capazes de cantar, dançar e encantar. Eles podem trazer-lhe fama e fortuna, mas o rapaz vai descobrir algo mais valioso: os laços familiares. Antes de tudo isso, Dave terá que disputar os esquilos com um ambicioso empresário, dono de uma gravadora. Aos poucos, o rapaz descobre que representa muito mais do que um amigo ou empresário para os esquilinhos, que o consideram como pai. Alvin e os Esquilos combina animação e atores de verdade - como no filmes do gato Garfield. O longa, aliás, é assinado por Tim Hill, o mesmo diretor de Garfield 2. Os melhores momentos nascem da interatividade entre humanos e personagens digitais, comprovando o alto nível da tecnologia atual.

Tudo o que sabemos sobre:
Alvin e os Esquilosestréia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.