Espírito da superação prevalece no Festival Sundance

Dois filmes sobre pessoas que lutam para superar tragédias pessoais conquistaram os principais prêmios no Sundance Film Festival na noite de sábado, quando o principal evento dos filmes independentes nos Estados Unidos homenageou uma nova geração de estrelas. "Frozen River", escrito e dirigido por Courtney Hunt, ganhou o prêmio do Grande Júri de melhor drama, e "Trouble the Water", dos diretores Tia Lessin e Carl Deal, foi considerado o melhor documentário. O filme de Hunt, "Frozen River", conquistou o júri formado por cinco pessoas, incluindo o diretor Quentin Tarantino e a atriz Marcia Gay Harden, com a história de duas mulheres que superam as dificuldades e iniciam um esquema para fazer entrar clandestinamente imigrantes ilegais nos Estados Unidos. Tarantino disse que o filme o deixou "sem fôlego". Foi "um dos mais emocionantes filmes de suspense que verei este ano." "Trouble the Water" foi considerado o melhor documentário pelo júri de cinco membros por sua história de moradores de Nova Orleans que perderam suas casas devido ao furacão Katrina. "Não poderíamos ter previsto o desespero e indignação que sentimos" ao fazer o filme, disse Lessin, acrescentando que "disto tudo, surgiu uma história sobre sobrevivência e esperança." O festival Sundance Film, que é apoiado pelo Instituto Sundance, fundado por Robert Redford, é o principal evento para cineastas que trabalham fora dos principais estúdios de Hollywood, e os vencedores do prêmio atingem as principais posições do cinema independente norte-americano.

BOB TOURTELLOTTE, REUTERS

08 Janeiro 2027 | 11h28

Mais conteúdo sobre:
FILME SUNDANCE ESPIRITO

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.