Disney/Pixar
Disney/Pixar

Escritora acusa Disney e Pixar de plagiar seus livros

Carla J. Masterson alega que 'Divertida Mente' se inspirou em dois de seus livros infantis

O Estado de S.Paulo

02 Junho 2018 | 20h39

A escritora americana Carla J. Masterson processou a Disney e a Pixar por plágio de suas obras no filme Divertida Mente, que foi lançado em 2015. 

+‘Falta de originalidade’ livra Taylor Swift de ação por plágio

+Wiz Khalifa é acusado de plágio

Ela afirma que o roteiro da animação teria sido extraído de dois de seus livros, What’s on the Other Side of the Rainbow? (O Que Há do Lado de Lá do Arco-íris?) e The Secret of the Golden Mirror (O Segredo do Espelho Dourado).

+'A Forma da Água' é processado por plagiar peça de teatro

De acordo com Masterson, seus livros falam sobre como as crianças compreendem e identificam suas emoções. Alegria, tristeza, medo, raiva e outros sentimentos são descritos como personagens em seus livros, da mesma forma que acontece no longa da Pixar.

A autora acredita que os produtores do filme teriam entrado em contato com seus livros nas festas de premiação do Emmy em 2010 e do Oscar em 2011, quando eles foram distribuídos aos convidados. De acordo com seus cálculos, ela deixou de ganhar US$ 75 mil com o suposto plágio. 

Divertida Mente foi vencedor do Oscar de melhor animação em 2016 e faturou US$ 857 milhões nas bilheterias, se sagrando um dos cinco filmes mais lucrativos de 2015. 

Mais conteúdo sobre:
DisneyPixaranimação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.