Mark J Terrill/AP
Mark J Terrill/AP

Escândalo não prejudicará carreira de Schwarzenegger, diz produtor

Ator volta aos cinemas com 'Cry Macho', após deixar o governo da Califórnia

EFE

18 de maio de 2011 | 18h36

O produtor do próximo filme de Arnold Schwarzenegger, Albert Ruddy, declarou que a carreira cinematográfica do ex-governador da Califórnia não será prejudicada pelo escândalo do filho que o ator teve fora do casamento, segundo publicou nesta quarta-feira The Hollywood Repórter.

Ruddy, de 81 anos, comparou o caso de Schwarzenegger com o do ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, que passou "por coisas horríveis" após anunciarem sua infidelidade com Monica Lewinsky e "agora é considerado um dos presidentes mais populares", disse.

Schwarzenegger anunciou na terça-feira que teve um filho há 10 anos com uma empregada, e apenas 24 horas depois, as fotografias de Baena, uma mulher latina e exuberante, já circulavam nas capas das principais revistas de celebridade dos Estados Unidos.

O próprio Schwarzenegger, em uma declaração escrita, explicou que contou a sua esposa, Maria Shriver, do assunto após deixar o cargo de governador da Califórnia, em janeiro.

"Esta situação é uma daquelas que ninguém vai lembrar", declarou Ruddy que produz o novo filme de Schwarzenegger, Cry Macho, que representará o retorno do ator a um papel protagonista em Hollywood após sua carreira política como governador e no qual interpreta a um adestrador de cavalos.

"Começamos a filmar em 24 de agosto, e estamos agora em pré-produção. (O escândalo) não afetou nossas vendas. Será interessante se inclusive conseguirmos uma impulsionada no exterior. Isto não passará de um olho roxo para um homem com uma carreira espetacular", manifestou Ruddy.

O ator e ex-político tem em andamento atualmente um projeto de continuação de O Exterminador do Futuro e uma série de desenho animado chamada Governator na qual empresta algumas características físicas e a voz a um super-herói que leva uma vida dupla pelas costas de sua esposa.

Seus criadores confirmaram que a produção não será afetada pelos últimos eventos porque se trata de "ficção".

Tudo o que sabemos sobre:
Arnold Schwarzenegger

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.