Eric Bana, o ator que se transforma em "Hulk"

Sua carreira está prestes a passar poruma transformação. O ator australiano Eric Bana ainda é um desconhecido do público em geral, mas essa situação deve mudar. A começar por Hulk, onde ele faz papel importante: o de Bruce Banner, o cientista que vira a criatura verde de efeitos especiais.A criação do desenhista de HQs Stan Lee, que nasceu em 1966, segue os passos dos outros personagens da Marvel Comics, Homem Aranha e Demolidor, e ganha as telas do cinema. Hulk, do diretor Ang Lee (premiado com cinco Oscars por O Tigre e o Dragão, em 2001), faturou alto no primeiro fim de semana nos Estados Unidos. Estréia na sexta-feira, nas telas brasileiras. O filme promoveu a cara do ator de 34anos. Se Hulk der mesmo certo, sua carreiraestá garantida. Ele interpreta o cientista solitário ecovarde que vira o monstro forte quando está com raiva. Melhor: Banner é ex-namorado e colega da belíssima cientista Betty Ross (papel de Jennifer Connelly, vencedora do Oscar de melhor atriz por Uma Mente Brilhante, em 2002). A estréia de Bana em Hollywood foi em um papelcoadjuvante no filme Falcão Negro em Perigo (2001), deRidley Scott. O ator tem contrato assinado para trabalhar em mais dois filmes da franquia de Hulk, com aumentos de salário substanciais para cada um deles. As seqüências estão praticamente garantidas. Além de novos capítulos da franquia de Hulk, Bana temoutro projeto importante em vista. Ele roda atualmente em Maltao épico Tróia, de Wolfgang Petersen, no qual faz o papel deHeitor. Na produção, baseada na Ilíada, de Homero, Brad Pittinterpreta seu rival Aquiles. O australiano também gravou umadas vozes de Procurando Nemo, o novo filme infantil decomputação gráfica dos estúdios Pixar e Walt Disney. Ele faz opapel de Anchor, um tubarão-martelo. Nada mal para quem até pouco tempo atrás não queria nemser ator. O australiano nunca estudou artes dramáticas e queriamesmo ser mecânico ou piloto de motos e carros em acrobacias. O ator é um homem de família: casado, com Rebecca, tem dois filhos, Klaus, de 4 anos, e Sophia, de 1 ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.