Episódio da guerra pode virar filme

Um episódio da guerra no Iraque já está dando o que falar em Hollywood. O resgate da soldado americana Jessica Lynch, uma jovem de 19 anos que esteve em poder de forças iraquianas por mais de uma semana, já é visto como possível argumento para um filme. ?Foi até agora a única história alegre desde que começou esta guerra?, afirmou o jornal Los Angeles Times. O diário da meca do cinema também noticiou que alguns executivos de Hollywood já aprovaram a realização de um filme sobre a história. Se virar filme, o caso da militar Jessica Lynch será inevitavelmente associado a O Resgate do Soldado Ryan, de Steven Spielberg. Se depender do circo de mídia que foi criado em torno de seu resgate, Jessica já pode se considerar representada na telona. Logo que seu resgate foi noticiado, canais de TV se apressaram para chegar à pequena localidade com 900 habitantes em que mora a militar, no estado de West Virginia. Repórteres acamparam em frente à casa da família Lynch. Enquanto a jovem soldado foi transferida do Iraque para a Alemanha, onde foi internada, os jornalistas procuram saber mais sobre ela entrevistando conhecidos. O programa matutino Good Morning America, da rede ABC, entrevistou o pai da jovem, enquanto seu irmão, que também é militar, falou ao Larry King Live, da CNN. Já a rede CBS fará em breve um especial de uma hora sobre a operação de resgate de Jessica Lynch. Jessica foi resgatada do Hospital Saddam, na cidade de Nasiriya, onde sua tropa foi emboscada e ela foi feita prisioneira. A operação aconteceu na última terça-feira e foi violenta: houve troca de tiros entre americanos e iraquianos na entrada e na saída do hospital. A função de Jessica Lynch no exército dos Estados Unidos é conferencista de suprimentos. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.