Mubi
Mubi

Entre as novidades no streaming, estão filmes de Ricardo Darín, Eric Rohmer e Manoel de Oliveira

Documentário de Paulo Caldas sobre as eleições de 2018 também entram no catálogo para os cinéfilos

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

17 de novembro de 2020 | 03h00

O jovem Ricardo Darín, os eternos Eric Rohmer e Manoel de Oliveira, o diário de Paulo Caldas sobre a eleição de 2018 no Recife, tudo isso e Veneza, no verão, filmada por David Lean. Se ele filmou o deserto daquele jeito em Lawrence da Arábia, você pode estar certo de que caprichou nas gôndolas e nos pombos da Piazza di San Marco em Quando o Coração Floresce. O streaming segue forte e cheio de atrações.

Abismo Tropical

Os diretores Paulo Caldas e Lírio Ferreira realizaram um filme que virou marco do cinema pernambucano dos anos 1990 – Baile Perfumado. Estamos falando de ficção, ou especulação, sobre o bando de Lampião. Aqui, o documentário substitui a ficção. Caldas e as 24 horas daquele dia de 2018 em que Jair Bolsonaro foi eleito presidente do Brasil. Na InnSaei.TV.

O Amigo da Minha Amiga

Eric Rohmer e sua série das Comédias e Provérbios. Duas garotas, Léa a Blanche. Cada uma tem seu namorado, mas quando rompe e fica sozinha, Léa começa a sentir algo mais que amizade por Blanche. Sophie Renor e Emmanuelle Chaulet atuam com graça, dentro daquele natural que sempre fez o charme de Rohmer, um dos grandes da nouvelle vague. Na Mubi.

Samy e Eu

Um filme do começo da carreira de Ricardo Darín. Tem quase 20 anos, mas só agora chega ao streaming no Brasil. É a história do roteirista de TV que trabalha com humor, mas não anda achando graça na vida. Surge essa garota, Angie Cepeda. A vida ganha mais cor. No Belas Artes à La Carte.

Sempre Bela

Em 2006, Manoel de Oliveira voltou-se para a obra-prima Bela da Tarde, de Luís Buñuel, e com a cumplicidade da roteirista Julia Busiel contou essa história de vingança que une duas das personagens do clássico de 1967. Michel Piccoli e Bulle Ogier. O que ele contou, ou não contou, para o marido dela sobre aquele bordel? Na Mubi.

Quando o Coração Floresce

A solteirona Katharine Hepburn não desiste de encontrar um grande amor. Quando passa férias em Veneza, conhece Rossano Brazzi, com quem se envolve, mas ele é casado. Katharine e David Lean foram indicados para o Oscar – de atriz e diretor. Não levaram, mas a aura romântica, Veneza, tudo contribui para fazer desse filme um clássico. Mas, atenção, Lean desconfiava do romantismo. Basta atentar para seus épicos posteriores – Doutor Jivago, A Filha de Ryan. O amor, para ele, não trazia felicidade. No Belas Artes à La Carte. 


É JORNALISTA E CRÍTICO DO ‘ESTADÃO’, AUTOR DE ‘CINEMA. ENTRE A REALIDADE E O ARTIFÍCIO’

Tudo o que sabemos sobre:
Ricardo Daríncinemastreaming

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.