Entre as novidades do Oscar, a 16.ª indicação de Meryl Streep

Meryl Streep e Penélope Cruz pisam no tapete vermelho pelo segundo ano consecutivo, Kathryn Bigelow pode ser a primeira mulher a vencer um Oscar como melhor diretora, Up - Altas Aventuras é o segundo longa de animação a disputar a categoria principal. E por aí vai...

Ubiratan Brasil de O Estado de S. Paulo,

05 de março de 2010 | 12h00

 

A CAMPEÃ: Com a 16.ª indicação, agora por Julie & Julia, Meryl Streep superou o próprio recorde como a atriz mais indicada da história do Oscar. Atrás dela, estão Katharine Hepburn e Jack Nicholson, ambos com 12 cada um.

 

ELAS, DE NOVO: Meryl Streep e a espanhola Penélope Cruz são as únicas indicadas de 2009 a novamente figurar na festa deste ano.

 

OS NOVATOS: Enquanto isso, 12 dos 20 finalistas das categorias de atuação despontam pela primeira vez na lista.

 

MULHERES: Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror) é a quarta mulher indicada como diretora - antes foram Lina Wertmüller (Pasqualino Sete Belezas, de 1976), Jane Campion (O Piano, 1993) e Sofia Coppola (Encontros e Desencontros, 2003). E, se vencer, será a primeira.

 

CINZENTO: A Fita Branca é o nono filme rodado essencialmente em preto e branco a disputar o Oscar de fotografia desde 1967, quando a Academia de Hollywood abandonou a distinção que fazia até então com os longas coloridos.

 

DESENHO: Up - Altas Aventuras é o segundo longa de animação a disputar a categoria principal, ou seja, o Oscar de melhor filme. Antes, apenas A Bela e a Fera, de 1982, detinha a primazia.

Mais conteúdo sobre:
Oscar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.