Chris Pizzello|Invision|AP
Chris Pizzello|Invision|AP

Emocionado, Kirk Douglas comemora 100 anos cercado pela família e por amigos

Festa contou com a presença de 150 pessoas e incluiu discursos de seu filho Michael Douglas e do amigo Steven Spielberg. "Você é a única estrela de cinema que conheci", disse o diretor

AP

10 Dezembro 2016 | 18h26


Kirk Douglas sabe como fazer uma entrada. Com o tema de Rocky nos alto-falantes, Douglas, uma das últimas lendas vivas da época de ouro de Hollywood, caminhou confiante no Sunset Room no Beverly Hills Hotel, na sexta-feira à tarde, para comemorar seu 100.º aniversário em um encontro íntimo de amigos e familiares.

Acompanhado por Anne Douglas, sua mulher há mais de 62 anos, seu filho Michael Douglas, sua nora Catherine Zeta-Jones e seus netos, Kirk Douglas olhou para a multidão de cerca de 150 pessoas, incluindo Don Rickles, Jeffrey Katzenberg, seu rabino e muitos de seus amigos mais próximos, e sorriu. Não só ele estava cercado por rostos amigáveis, como ele poderia ter um copo de vodca, como havia prometido por seu médico anos atrás, se vivesse até 100.

Mas, antes que a vodca fosse apresentada em um copo de martini comicamente grande, Kirk Douglas conseguiu se sentar e ouvir as palavras de seus entes queridos com imagens de seus filmes clássicos como Spartacus, A Vida Apaixonada de Van Gogh, Glória Feita de Sangue e outros exibidos em uma tela atrás dele.

Michael Douglas deu início aos procedimentos, dizendo que não se trata apenas da idade, mas da vida que ele viveu e do que ele realizou. "Uma das coisas que eu acho mais incrível sobre papai é o terceiro ato de sua vida”, disse Michael Douglas. “Depois de tudo o que ele realizou em sua carreira profissional e o que ele deu para o seu país, no ponto em sua vida onde ele enfrentou a adversidade, perder um filho, ter um acidente de helicóptero, ter um acidente vascular cerebral e o que ele realizou neste terceiro ato em sua vida, eu acho muito extraordinário.”

Kirk Douglas manteve seus comentários breves. "Eu me pergunto de quem ele estava falando? Ele disse algumas coisas legais sobre alguém que eu não conheço”, disse Kirk Douglas, brincando que Michael Douglas foi escolhido para organizar os procedimentos porque “ele tem mais dinheiro”.

Kirk Douglas também agradeceu a todos pela presença e ficou maravilhado ao ver a maioria de sua família na multidão.

Zeta-Jones então acendeu as 12 velas no bolo. E o Happy Birthday teve um acompanhamento de quarteto de cordas.

Foi apenas o início da tarde, que incluiu declarações de alguns de seus sete netos, seu rabino e seu médico. Steven Spielberg, que chegou tarde, e em muletas porque recentemente quebrou seu pé no set, veio com uma mensagem muito específica. “Eu queria vir aqui e dizer que tenho rodado filmes e programas de televisão há 47 anos, e trabalhei com os melhores e você é a única estrela de cinema que conheci”, disse Spielberg. “Há algo que você tem que ninguém mais já teve... Quando você vê o desempenho de Kirk em qualquer coisa, em qualquer coisa que ele já fez, você não pode tirar seus olhos dele. Não é possível desviar o olhar dele.” Ele chamou isso de ferocidade otimista e é algo que ele desafia todos os seus atores a conseguir em seus filmes. “Você é um homem milagroso." 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.