Em visita ao Brasil, Coppola dá aula de cinema

Foi uma chance única para os alunos de cinema da Universidade Tuiuti do Paraná. De passagem por Curitiba, o diretor americano Francis Ford Coppola atendeu a um pedido de última hora da coordenadora da Pós-Graduação em Cinema Denize Araújo e aceitou participar de um bate-papo com os alunos do curso, sábado passado. Segundo a Gazeta do Povo, Denize ficou sabendo na sexta que o cineasta de O Poderoso Chefão e Apocalipse Now estava na cidade. Correu ao hotel em que Coppola se hospedara e deixo uma carta-convite. Horas depois, Coppola confirmou presença e se encontrou com os alunos do curso por duas horas.A viagem de Coppola é parte de uma série de visitas a grandes cidades em todo o mundo para a realização de Megalópolis, projeto longamente acalentado que ele descreve como um "épico futurista". Coppola confessou que seus investimentos na produção de vinho tem se mostrado bastante rentáveis, o que lhe permitiria até abandonar o cinema. No entanto, leva Megalópolis a diante porque o projeto, diz, concentra suas quatro principais preocupações como artistas: criação, ensino, aperfeiçoamento e celebração.Ainda conforme a Gazeta do Povo, o diretor aconselhou os alunos a aproveitarem as facilidades das novas câmeras digitais para treinar muito. Aos candidatos a roteirista, recomendou escrever muito, diariamente, e evitar releituras apressadas. É que, para o diretor, existe um "vírus" que faz com que o escritor nunca reconheça o valor de seu trabalho, daí a importância de retrabalhar o roteiro apenas após a conclusão da trama.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.