AP
AP

Em SP, Brillante Mendoza, o diretor filipino da vez

Ganhador do prêmio de direção por 'Kinatay', em Cannes, participa da mostra de cinema Indie 2009

Luiz Carlos Merten, de O Estado de S. Paulo,

17 de setembro de 2009 | 17h16

O diretor filipino Brillante Mendoza, que participou do recente Festival de Veneza dom seu novo filme, Lola. Em Cannes, ganhou o prêmio de melhor direção, outorgado pelo júri presidido por Isabelle Huppert. Autor radical, fizera história ao participar dois anos seguidos da competição do maior festival de cinema do mundo - no ano passado, com Serbis, este ano com Kinatay. Em seguida, de volta às Filipinas, após Cannes, Brillante realizou rapidamente Lola, que foi a Veneza. Só isso dá ideia do prestigio internacional adquirido pelo diretor.

 

Veja também:

trailer Trechos de filmes de Brillante Mendoza

 

Brillante Mendoza é a grande atração internacional do Indie 2009, que começa hoje em São Paulo. Ele desembarcou nesta quinta, 17, na cidade e à noite participaria da exibição fechada, para convidados, de Kinatay. Amanhã terá um bate-papo com o público. Um festival como o Indie é interessante porque debate as alternativas de produção e distribuição. Nos EUA, por exemplo, é fácil classificar o produto ‘independente’, porque ele é feito à margem das Majors, as grandes distribuidoras de Hollywood. No Brasil, a situação fica um pouco mais complicada. Sendo o cinema brasileiro um estrangeiro, ou refém, do próprio mercado, ocupado maciçamente pela produção de Hollywood, todo filme nacional poderia ser indie. Mas o grosso da produção do Brasil é feito com recursos públicos.

 

Em Serbis, Brillante Mendoza mostrou a vida em Manila do ângulo de uma família que mantém um cinema pornô. Em Kinatay, uma prostituta é esquartejada por traficantes, a quem deve dinheiro. É um cinema ousado e gráfico, seja ao falar de sexo ou violência. O curioso é que, apesar do sucesso internacional, Brillante Mendoza não tem circuito nas Filipinas. Ele resolveu o problema mostrando seus filmes diretamente em universidades, para estudantes. Leia entrevista com o diretor no Caderno 2 desta sexta-feira, 18.

 

Indie 2009 - Mostra de Cinema Mundial. Sáb., 11 h, bate-papo com o diretor Brillante Mendoza. CineSesc. Rua Augusta, 2.075, telefone 3087-0500. Grátis. Até 24/9. Programação: www.indiefestival.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
Brillante Mendoza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.