Mary Cybulsky
Mary Cybulsky

Em 'Joaquim' e 'Paterson', atores dão aula de interpretação

Filmes estrelados pelo brasileiro Júlio Machado e pelo norte-americano Adam Driver não ganharam nada em Berlim ou em Cannes, mas se tratam de grandes estreias

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

20 Abril 2017 | 10h15

Entram em cartaz nesta quinta, 20, dois filmes vacinados em grandes festivais. Joaquim não ganhou nada em Berlim, este ano, nem Paterson em Cannes, no ano passado. Danem-se os júris internacionais. São grandes filmes, e ficarão entre os melhores do ano. E os atores! O brasileiro Júlio Machado e o norte-americano Adam Driver dão aulas de interpretação.

Gostosas, Lindas e Sexies

Brasil/2016, 110 min. Comédia. Dir. Ernani Nunes. Com Cacau Protásio, Mariana Xavier, Liv Ziese.

Quatro amigas fofas – todas vestem manequim plus size – compartilham amores, tristezas e metas profissionais em São Paulo. O diretor não e4stá pára broincadeira, não. Por meio do humor, quer refletir sobre os desafios das mulheres na atual sociedade. 14 anos. Anália Franco, Bourbon - Espaço Itaú Pompeia, Central Plaza, Eldorado, Frei Caneca - Espaço Itaú, Interlagos, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Mais Shopping Largo 13, Metrô Itaquera, Metrô Santa Cruz, Metrô Tatuapé, Morumbi Town, Pátio Paulista, Penha, Raposo Shopping, Santana Parque, Shopping D, SP Market, Tietê Plaza.

Joaquim

Brasil-Portugal/2017, 97 min. Biografia. Dir. Marcelo Gomes. Com Júlio Machado, Nuno Lopes, Rômulo Braga, Izabél Zuaa.

O grande filme que representou o Brasil no Festival de Berlim, em fevereiro. Não ganhou nada, mas isso não diminui seu significado ou importância. O Joaquium do título é o alferes Joaquim José da Silva Xavier, antes de virar o mítico Tiradentes, mártir da Inconfidência. O diretor Gomes tenta explicar a mudança de paradigma – como um soldado da Coroa portuguesa virou um rebelde dessa mesma Coroa? É aí que entra a mulher, a escrava Preta. Embora se passe no Brasil colonial, o filme está (mais) interessado em iluminar o País atual. Repare no ator que faz o papel. Júilio Machado é extraordinário.

14 anos. Bourbon - Espaço Itaú Pompeia, Caixa Belas Artes, Cinesesc, Espaço Itaú Augusta, Reserva Cultural.


O Novato

Le Noveau, França/2016, 81 min. Comédia dramática. Dir. Rudi Rosenberg. ComRéphaël Ghrenassia, Joshua Raccah, Johanna Lindstedt.

Garoto se muda com a famnília para Paris. Na escola, tenta se entrosar, mas não consegue. Sofre bullyng. E termina se ligando aos párias e aos nerds. Em entrevista ao Estado, o diretore Rosenberg disse que se baseou nas próprias lembranças.O filme tem muito de autobiográfico. Todo o elenco interage bem, mas o protagonista é especial. Muito bom.

12 anos. Caixa Belas Artes, Frei Caneca - Espaço Itaú.


Paixão Obsessiva

Unforgettable, Estados Unidos/2016, 100 min. Suspense. Dir. Denise Di Novi. Com Katherine Heigl, Rosario Dawson, Whitney Cummings.

Quando o casamento termina e o marido inicia outra relação, a ex-mulher enlouquece e passa a fazer de tudo para infernizar a vida do novo casal. Catherine Hegl é aquela coisa. Ame-a ou deixe-a. Tem gente que a acha péssima. É linda. O filme não deixa de ser um Atração Fatal, ou A Mão Que Balança o Berço para os anos 2010.

14 anos. DUBLADO: Anália Franco, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Santana Parque, Shopping D, SP Market. LEGENDADO: Anália Franco, Bourbon - Espaço Itaú Pompeia, Bristol, Jardim Sul, JK Iguatemi, Kinoplex Vila Olímpia, Market Place, Metrô Santa Cruz, Morumbi Town, Pátio Paulista, Santana Parque, Villa Lobos.


Paterson

Estados Unidos/2016, 115 min. Comédia dramática. Dir. Jim Jarmusch. Com Adam Driver, Golshifteh Farahani, Rizwan Manji.

Paterson é a cidade em Nova Jersey e também o nome do protagonista – um motorista de ônibus que tem mulher, cachorro e aproveita todo momento livre para escrever... poesia. Em Cannes, no ano passado, havia a expectativa de que o filme do minimalista Jarmusch ganhasse a Palma de Ouro, ou de que pelo menos Adam Driver fosse melhor ator. O filme não levou nada, como Elle, de Paul Verhoeven, e Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, mas foram os melhores do festival. Como disse o próprio Jarmusch na coletiva – o homem vira metáfora da cidade, e vice-versa. Desde já, um dos maiores filmes de 2017. Não perca!

18 anos. Bourbon - Espaço Itaú Pompeia, Caixa Belas Artes, Cinesala, Espaço Itaú Augusta, Frei Caneca - Espaço Itaú, Reserva Cultural.


O Sonho de Greta

Girl Asleep, Austrália/2016,

77 min. Comédia. Dir. Rosemary Myers. Com Bethany Whitmore, Tilda Cobham-Hervey.

Um filme que já foi chamado de hipster, sobre garota de 15 anos que se recusa a deixar o conforto do mundo da infância porque o dos adultos lhe parece incompreensível. A diretora Myers foi comparada a Wes Anderson (pelo estranhamento), tem gente que achou o filme parecido com o superior Valéria e Sua Semana dos Deslumbramentos. É meio bobo, mas é muito bonito de ver.

12 anos. Caixa Belas Artes, Frei Caneca - Espaço Itaú.


Vida

Life, Estados Unidos/2016, 104 min. Ficção científica. Dir. Daniel Espinosa. Com Jake Gyllenhaal, Rebecca Ferguson, Ryan Reynolds.

Numa estação espacial, seis astronautas deparam-se com a possibilidade de haver vida inteligente em Marte. Investigam e... O cartaz adverte – 'Era melhor quando estávamos sozinhos'. O filme começa belíssimo, mas logo vira o terror à Alien, mas piorado, claro. O ser/monstro do espaço tem até nome, Calvin. OK, você vai querer conferir. Afinal, com esse elenco...

12 anos. DUBLADO: Anália Franco, Bourbon - Espaço Itaú Pompeia, Central Plaza, Interlagos, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Mais Shopping Largo 13, Marabá, Metrô Itaquera, Metrô Tatuapé, Metrô Tucuruvi, Plaza Sul, Raposo Shopping, Santana Parque, Shopping D, SP Market, Tietê Plaza. LEGENDADO: Anália Franco, Bourbon - Espaço Itaú Pompeia, Bristol, Cidade Jardim, Cidade São Paulo, Eldorado, Frei Caneca - Espaço Itaú, Iguatemi, Jardim Sul, JK Iguatemi, Kinoplex Itaim, Kinoplex Vila Olímpia, Lar Center, Market Place, Metrô Santa Cruz, Morumbi Town, Pátio Higienópolis, Pátio Paulista, Plaza Sul, Santana Parque, Splendor Paulista, Tietê Plaza, Villa Lobos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.