Divulgação
Divulgação

Elizabeth Taylor publica cartas de amor de Richard Burton

Romance entre eles começou em 1961, quando ambos eram casados e atuaram juntos em 'Cleópatra'

02 de junho de 2010 | 15h18

LONDRES (EFE) -  A atriz britânica Elizabeth Taylor publicou pela primeira vez uma série de cartas de amor que trocou com seu marido, o também ator Richard Burton, com quem manteve um dos romances mais apaixonados e voláteis da história do cinema.

 

Em uma das cartas, das quais alguns trechos estão publicados nesta semana na revista "Vanity Fair", e que antecipa o jornal "The Daily Telegraph", Burton escreve para sua mulher: "Se você me deixar, não terei outro remédio se não me matar. Não posso viver sem ti".

 

As cartas estão no livro "Furious Love: Elizabeth Taylor, Richard Burton and the Marriage of the Century", de Sam Kashner e Nancy Schoenberger.

 

Richard Burton diz que outras grandes mulheres do cinema, a sueca Greta Garbo e a francesa Sarah Bernhardt, só provocam risos.

 

O romance entre os dois atores começou em 1961 quando ambos eram casados e trabalharam juntos no filme "Cleópatra".

 

Três anos depois, casaram-se para divorciarem-se dez anos mais tarde, embora no ano seguinte tenham reatado, para menos de um ano depois divorciarem-se novamente.

 

A última carta escrita por Burton antes da sua morte em 1984 parece dar sinais de uma possível reconciliação.

 

A atriz, que completou 78 anos e foi casada oito vezes, guarda a carta na mesa ao lado da cama e a leu aos autores do livro.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Elizabeth Taylor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.