Eastwood minimiza rivalidade com Scorsese no Oscar

O veterano cineasta Clint Eastwood disse no domingo que Martin Scorsese, seu rival na disputa pelo Oscar, tem boas chances de finalmente conquistar uma estatueta dentro de duas semanas, mas afirmou que não se deve reduzir a disputa a uma corrida entre dois "cavalos".O diretor de 76 anos, que se encontra em Berlim para acompanhar a estréia na Europa de seu drama sobre a 2.ª Guerra Mundial Cartas de Iwo Jima, levou o Oscar de melhor diretor dois anos atrás por Menina de Ouro, deixando Scorsese a ver navios mais uma vez, depois de ter sido indicado ao Oscar em sete ocasiões.Este ano Eastwood está novamente entre os indicados, agora por Cartas de Iwo Jima, enquanto Scorsese foi indicado por Os Infiltrados.Completam as indicações para o Oscar de melhor diretor, que será entregue em 25 de fevereiro, Alejandro González Iñarritu (Babel), Stephen Frears (A Rainha) e Paul Greengrass (Vôo United 93)."Ele (Scorsese) provavelmente bem boas chances de ganhar. Existe muita simpatia por ele. Mas eu não tenho controle sobre nada disso", disse Eastwood à Reuters ao ser questionado sobre a disputa pelo Oscar este ano."Sempre sinto pena dos outros diretores, porque há outros indicados que também trabalharam muito duro sobre seus projetos. Acho que não se deveria dar destaque a duas pessoas, quem quer que sejam."Autor de clássicos do cinema como Touro Indomável e Os Bons Companheiros, Scorsese é considerado um dos maiores cineastas vivos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.