Drama com Will Smith lidera bilheteria dos EUA

À Procura da Felicidade, primeira investida do comediante Will Smith em um filme dramático, liderou a bilheteria dos Estados Unidos neste fim de semana, arrecadando US$ 27 milhões em ingressos, informou a distribuidora Columbia Pictures.O filme de Smith, que custou US$ 50 milhões, é baseado na história real de Chris Gardner, um sem-teto e pai solteiro que acabou se tornando um bem-sucedido corretor da bolsa de valores. O filho de Smith, Jaden, interpreta o filho de Gardner no filme.A fantasia Eragon ficou em segundo lugar, com US$ 23,4 milhões em arrecadação, e a adaptação do livro infantil A Menina e o Porquinho ficou com a terceira colocação, com US$ 12 milhões.Eragon é baseado no romance fantástico de Christopher Paolini e conta a história de um menino e seu dragão voador 2.000 anos atrás. Segundo a Twentieth Century Fox, a produção custou 100 milhões de dólares.A Menina e o Porquinho, Paramount Pictures, é inspirado no livro infantil de E.B. White. O filme de animação e computação gráfica custou US$ 80 milhões e conta a história da amizade da aranha Charlotte (na voz de Julia Roberts) e do porco Wilbur.O campeão do último fim de semana, Apocalypto, de Mel Gibson, despencou para a sexta posição, com US$ 7,7 milhões. O total arrecadado pela saga maia chegou aos US$ 27,9 milhões.A distribuidora Walt Disney Co. disse que está satisfeita com o desempenho do filme, mesmo que a queda de 49% tenha sido a mais acentuada entre os 10 primeiros colocados.A comédia romântica O Amor Não Tira Férias, que também estreou no fim de semana passado, caiu três posições, ocupando agora o 5o lugar - uma queda de 36%. O filme dirigido por Nancy Meyers com Kate Winslet e Cameron Diaz obteve US$ 25,3 milhões.À Procura da Felicidade é a 13.ª produção da Columbia que alcança o topo da colocação este ano, aumentando seu recorde anterior, de dez filmes. O estúdio, de propriedade da Sony, arrecadou um recorde de US$ 1,58 bilhão este ano nas bilheterias nacionais dos EUA - outro recorde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.