Documentários argentinos e brasileiro são premiados em festival

Um documentário brasileiro e um argentino foram os vencedores das principais categorias do primeiro Festival de Cinema e Vídeo Científico do Mercosul, encerrado hoje na Biblioteca Nacional de Buenos Aires. O vídeo argentino "El camino de Horus, pequeños hallazgos", de Livio Pensavalle, venceu na categoria Científica Técnica, enquanto no segmento Humanístico Social o primeiro posto foi dividido pelo brasileiro "Ritual da Vida", de Edgar da Cunha, e pelo argentino "Yachep, el tiempo de los frutos". Este último documentário foi feito por Pablo Valerio, Julieta Infantino, Mariano Raffo e Marina Boolls.As produções giraram em torno de temas tão diversos como o colesterol, a história do vinho, a biotecnologia, e as vidas de Darwin e Einstein. O concurso, que contou com documentários da Argentina, Brasil, Paraguai e Chile, leva o nome de "Cinecien" e é um primeiro panorama da produção cinematográfica sobre temas científicos na América do Sul.O júri foi presidido pelo documentarista argentino residente nos Estados Unidos Jorge Prelorán, incentivador das "etnobiografías" (retratos de indivíduos de diferentes culturas), que recebeu uma homenagem durante o festival.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.