Documentário sobre McDonald´s abre festival

A programação da sexta edição do Festival Internacional de Cinema de Brasília, que começa hoje e vai até 25 de julho, é formada por 96 filmes de longa-metragem e 36 curtas, entre produções brasileiras e estrangeiras. A maior parte dos filmes é inédita no Brasil. As obras serão exibidas no cine do Centro Cultural Banco do Brasil ? Brasília; no Cine Academia, na sala de espetáculos Academia Hall e no Cine Academia Cultura Inglesa. Os destaques da programação do evento são produções premiadas ou exibidas em festivais internacionais, como o documentário Super Size Me, de Morgan Spurlock, vencedor do prêmio de melhor diretor no último Festival de Sundance, que vai abrir o festival hoje. O filme é uma crítica à cadeia de lanchonetes McDonald?s. Durante um mês, o diretor fez todas as refeições em lojas da rede. Depois, foi avaliado por uma equipe médica, que constatou uma série de problemas de saúde. O filme foi um sucesso de bilheteria, tendo arrecadado US$ 6,2 milhões nos Estados Unidos, onde ficou por três semanas entre os dez filmes mais vistos no país. Na lista de filmes nacionais, estão Narradores de Javé, Garotas do ABC e o novo filme de Renato Aragão, homenageado por seus 40 anos de carreira, Didi Quer Ser Criança, entre outros. Festival Internacional de Cinema de Brasília - De 14 a 25 de julho. Sessões a partir das 17 horas. Ingressos: CCBB Brasília: R$ 4, Cine Academia e Cine Academia Cultura Inglesa: R$ 12 (de segunda a quinta-feira) e R$ 14 (de sexta a domingo). Informações pelo telefone: (61) 310.7087.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.