Distribuidora britânica vai lançar filme de Moore

As empresas Disney impediram sua subsidiária Miramax de distribuir o novo documentário de Michael Moore, Fahrenheit 911, mas na Grã-Bretanha o filme já encontrou distribuidor. Segundo a BBC, o filme será lançado por lá pela distribuidora britânica Optimum Releasing, responsável pela distribuição de produções como Elefante e Amores Brutos.Fahrenheit 911 faz uma crítica contundente ao presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, ligando sua família à do terrorista Osama bin Laden. Segundo Moore, que ganhou o Oscar de 2003 pelo documentário Tiros em Columbine, a Disney vetou o filme por medo de perder isenções tributárias no estado da Flórida, governado pelo irmão do presidente, Jeb Bush.Ainda de acordo com a BBC, Moore nega ter usado o fato para promover o filme, que vai estrear em 17 de maio no Festival de Cinema de Cannes. A acusação partiu do diretor executivo da Disney, Michael Eisner, para quem a decissão é final, apesar de a Miramax afirmar que ainda vai discutir o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.