Diretor norte-americano Aronofsky vai comandar júri do Festival de Berlim

O diretor, roteirista e produtor norte-americano Darren Aronofsky foi nomeado presidente do júri para o 65º Festival Internacional de Berlim, anunciou o festival nesta terça-feira.

REUTERS

04 de novembro de 2014 | 15h14

Aronofsky, cujo filme "Cisne Negro" sobre o mundo do ballet foi um grande sucesso em 2010, dirigiu também o épico bíblico "Noah". Ele vai comandar o júri, cujos outros integrantes ainda serão anunciados, para o festival Berlinale, que ocorre em fevereiro.

"No Berlinale o cinema é sempre emocionante e fascinante", disse Aronofsky, de 45 anos e natural de Nova York, segundo comunicado divulgado pelo festival.

"Estou ansioso para ver as maiores novidades em uma das grandes cidades do planeta", completou ele.

Dieter Kosslick, diretor do Berlinale, disse que Aronofsky distinguiu-se como um cineasta excepcional, com uma visão criativa distinta.

"Em sua abordagem artística, ele sempre utiliza linguagem cinematográfica e suas possibilidades estéticas. Tenho o prazer de poder recebê-lo como presidente do júri em 2015", afirmou.

(Reportagem de Michael Roddy)

Tudo o que sabemos sobre:
FILMEAMERICANOJURIBERLIM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.