Diretor nega que Tom Cruise tenha censurado seu filme

O diretor Jason Reitman declarou que um erro de projeção cortou a cena de sexo entre Katie Holmes e Aaron Eckhart em seu filme Thank You for Smoking, e não o ator Tom Cruise, noivo da atriz. A cena, que estava na versão do filme apresentada no Festival de Toronto, não apareceu na exibição no Festival de Cinema de Sundance.Jason disse, em entrevista à Rádio AP, que achou que a FOX, distribuidora do filme, havia eliminado a cena, mas logo detectou o erro de projeção.Houve a especulação de que Tom Cruise pudesse ter vetado a aparição da noiva por ser um ator renomado e influente em Hollywood. "É uma história divertida, eu li sobre isso, mas é evidente que a culpa não foi de Tom Cruise", afirmou Jason. Jason disse que provavelmente mais gente se interessou pelo filme por causa da polêmica. Acrescentou que a cena de sexo é muito tranqüila e que até passaria no canal da Disney.Tom Cruise e Katie Holmes estão juntos desde junho do ano passado e planejam se casar após o nascimento do bebê - Katie está grávida de sete meses. Tom já tem dois filhos adotivos, Connor, 10, e Isabella, 12, com sua ex-mulher, a atriz Nicole Kidman.Katie ficou conhecida pela atuação no seriado norte-americano Dawson´s Creek e Tom Cruise, que tem no currículo filmes como Magnólia (1999), de Olhos Bem Fechados (1999), Vanilla Sky (2001), Colateral (2004) e Missão Impossível 3 (2006), protagoniza Guerra dos Mundos (2005), de Richard King, que concorre, este ano, ao Oscar por mixagem de som e efeitos visuais. O filme Thank You For Smoking estréia, nos Estados Unidos, em 17 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.