Divulgação
Divulgação

Diretor diz que James Bond se questionará sobre rumos da vida em 'Spectre'

Sam Mendes dirige novamente filme do agente 007, com Daniel Craig no papel principal; longa deve estrear no Brasil em 29 outubro

EFE

27 de fevereiro de 2015 | 17h29

Diretor do novo filme de James Bond, o britânico Sam Mendes afirmou em um vídeo divulgado no Youtube que em Spectre, o agente 007 se questionará sobre a própria vida e que rumo deverá seguir. No fim do clipe, que alterna entre cenas dos bastidores da filmagem e uma rápida entrevista com o cineasta, Mendes diz que James Bond se perguntará se vale a pena continuar com a vida que levou até agora.


"O espectador terá que ir ao cinema e assistir o filme para ver o que Bond decidirá", afirmou.


Esta é a segunda vez que Sam Mendes dirige um filme do agente 007, novamente interpretado por Daniel Craig. A primeira foi em 2012, com 007 - Operação Skyfall.


"A razão pela qual estou fazendo outro filme de Bond é a mesma pela qual fiz antes, a história que há por trás dela", explicou Mendes no vídeo.


O diretor disse que em Spectre os companheiros de Bond, Ralph Phiennes (no papel do chefe "M"), Naomie Harris (como a secretária Moneypenny) e Ben Whishaw (como "Q", criador de equipamentos tecnológicos), ajudarão o agente e "colocarão suas vidas em risco por ele".


O novo filme também conta com Christoph Waltz, Monica Bellucci, Andrew Scott e Lea Seydoux. A estreia no Brasil está prevista para o dia 29 de outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.