Divulgação
Divulgação

Diretor de 'O Besouro Verde' quer adaptar Ubik para o cinema

Livro de Philip K. Dick foi eleito pela 'Times' um dos cem melhores romances de língua inglesa

Estadão.com.br,

21 de fevereiro de 2011 | 14h45

O diretor francês Michel Gondry (O Besouro Verde e Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças) revelou que está trabalhando em uma adaptação para as telonas do livro Ubik, do escritor californiano Philip K. Dick, informou o site francês AlloCiné.

 

O diretor deu a declaração durante o lançamento da exposição L’Usine de Films, organizada por ele no Centre Pompidou, em Paris. Gondry não deu mais detalhes sobre o projeto.

A obra de Dick é ambientada em uma cidade futurista em que os mortos podem aguardar a próxima reencarnação com uma espécie de meia-vida: eles ainda preservam a capacidade de se comunicar com amigos e familiares.

 

Nessa sociedade, Glen Runciter preside uma organização com pessoas dotadas de talentos psíquicos extraordinários. Elas são contratadas para monitorar outros sujeitos de psique especial que espionam e sabotam empresas. A situação se complica quando Runciter é morto num atentado. A única saída é dada por uma substância em forma de spray: ubik.

 

Philip K. Dick é um dos principais expoentes da ficção científica do século XX e já teve inúmeros obras adptadas para o cinemas, entre elas os sucessos Minority Report e Blade Runner.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.