Reuters
Reuters

Diretor de filmes de ação vai produzir cerimônia do Oscar

Brett Ratner foi escolhido para trazer mais adrenalina à premiação, agendada para 26 de fevereiro de 2012

Bob Tourtellotte, REUTERS

05 de agosto de 2011 | 12h52

LOS ANGELES (Reuters) - Esqueça as músicas e danças da cerimônia de entrega do Oscar. Fique pronto para ação, aventura e efeitos especiais quando a principal premiação de cinema do mundo for realizada em Hollywood, em fevereiro de 2012.

Os organizadores do Oscar escolheram na quinta-feira Brett Ratner, diretor de sucessos como a série policial A Hora do Rush e o filme de ficção científica X-Men: O Confronto Final, para coproduzir as próximas festas da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, ao lado do veterano Don Mischer.

A iniciativa é uma clara mudança em relação aos últimos anos, nos quais a Academia de Hollywood se voltou para a comédia, show de variedades e números elaborados de música e dança envolvendo apresentadores ou co-apresentadores, como Anne Hathaway e Hugh Jackman.

A cerimônia de fevereiro passado foi produzida por Mischer e Bruce Cohen, que ajudaram a levar aos cinemas dramas como Beleza Americana e Milk - A Voz da Igualdade.

O presidente da Academia, Tom Sherak, disse que Ratner tem amor pelo cinema e possui um conhecimento do showbusiness que mostrou ser ele um candidato notável quando os dois conversaram sobre as questões da produção.

"Ele é inacreditavelmente criativo e sabe assumir riscos que são ao mesmo tempo interessantes e inspiradores," afirmou Sherak em um comunicado.

Ratner também fez seriados de TV e vídeos musicais e comerciais. Recentemente, ele produziu a comédia Horrible Bosses.

"Será fantástico trabalhar com um mestre da TV ao vivo como Don (Mischer) para mesclar o glamour da legendária Hollywood com as enormes habilidades que emocionam os espectadores de hoje," disse Ratner, num comunicado.

A próxima cerimônia do Oscar será em 26 de fevereiro, em Los Angeles.

Tudo o que sabemos sobre:
FILMEOSCARCERIMONIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.