Diretor de 'Avatar' doa equipamento submarino com o qual bateu recorde

O cineasta James Cameron está doando o submarino Deepsea Challenger, que ele usou há um ano para bater um recorde de profundidade, ao Instituto Oceanográfico Woods Hole, com o objetivo de acelerar as pesquisas nas partes mais abissais dos oceanos.

Reuters

26 de março de 2013 | 17h56

Cameron, atualmente dedicado à pré-produção de uma sequência do seu sucesso "Avatar", disse esperar que a doação à instituição de Massachusetts popularize a tecnologia submarina que ele desenvolveu.

Numa entrevista telefônica por ocasião do primeiro aniversário do seu mergulho de 11 quilômetros no Pacífico, o premiado cineasta disse que os cientistas já identificaram mais de 60 novas espécies, inclusive bactérias, a partir do material visual que ele trouxe.

O cineasta espera que um filme em 3D sobre esse mergulho chegue aos cinemas no segundo semestre.

"Eu poderia deixar o submarino no meu barracão, mas isso não fará bem a ninguém enquanto eu estiver fora para fazer os (novos filmes da série) ‘Avatar' nos próximos anos", disse ele.

"Quero que essa tecnologia fique por aí, e que seja dinâmica e adaptativa."

(Reportagem de John Gaudiosi)

Tudo o que sabemos sobre:
FILMECAMERONENTREVISTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.