David McNew/Reuters
David McNew/Reuters

Diretor de animação da Disney, John Lasseter sai de licença por 'comportamento inadequado'

Em comunicado, diretor de 'Toy Story' e 'Carros' pede desculpas a todos que receberam um abraço ou um gesto indesejado

AP

21 de novembro de 2017 | 21h30

O cofundador da Pixar e diretor de animação da Walt Disney, John Lasseter vai tirar uma licença de seis meses e cita seu "comportamento inadequado" contra funcionários como justificativa.

Em um comunicado vago a que a Associated Press teve acesso nesta terça-feira, 21, Lasseter disse que sabe que fez com que alguns funcionários se sentissem desrespeitas e desconfortáveis. Ele pediu desculpas a todos que receberam um abraço ou um gesto indesejado e àqueles que ele decepcionou.

Um porta-voz da Disney disse que a empresa é comprometida com a manutenção de um ambiente de trabalho respeitável e que apoia o período sabático de Lasseter.

Lasseter é conhecido por dirigir filmes como Toy Story e Carros e produziu todos os filmes da Pixar desde Monstros S. A..

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.