"Dinossauro" estréia com dublagem de estrelas

Estréia no dia 30 de junho, em todo o Brasil, a mais nova produção dos estúdios Disney, Dinossauro. O filme mistura imagens fotográficas com tratamento digital, efeitos especiais e personagens criados no computador, trazendo às telas as criaturas extintas que mais fascinam o imaginário de todos. Para a dublagem brasileira, foram chamados artistas bem conhecidos do público: Fábio Assunção, Malu Mader, Nair Belo e Hebe Camargo.Na coletiva cedida à imprensa hoje, Garcia Júnior, diretor de dublagem da Disney, elogiou o trabalho de dublagem. Nos últimos lançamentos no Brasil, o estúdio constatou que as cópias dubladas são as preferidas. Até pelos adultos. Por isso, apontou uma grande preocupação na escolha dos dubladores. "Sempre fazemos uma seleção de nomes que possam se adequar melhor aos personagens. Felizmente, em Dinossauro participaram todas as primeiras opções que fizemos", conta Eduardo Rosemback, gerente de marketing da Disney. Ainda não foi acertado o número de cópias que serão lançadas no mercado brasileiro, mas a estimativa é de cerca de 300. Destas, apenas 10% serão legendadas. O objetivo é de que o filme bata o recorde de Armageddon, que na época de seu lançamento estreou com 313 cópias.Malu Mader não teve vergonha de confessar que se ofereceu para dublar qualquer produção da Disney. Aceito o pedido, ela foi convidada para participar de Toy Story 2. Mas compromissos impediram que a atriz realizasse seu desejo naquele momento. "Acho divertido dublar, é quase uma brincadeira", contou Malu Mader.Nair Bello e Hebe Camargo não continham as brincadeiras durante a coletiva. As duas não agüentaram quando foram perguntadas se elas se reconheciam com os personagens que fizeram. "Só porque são dinossauros! Eu sabia que alguém ia fazer essa pergunta. Fisicamente não me reconheci", brincou Nair Bello. Hebe Camargo contou aos jornalistas que as duas tiveram que dublar em dias separados para evitar as risadas durante a gravação. "Mas não teve jeito. Eu ri mesmo sem a Nair no estúdio. O personagem dela é muito engraçado", disse entre risadas. A velha amizade entre as duas foi um dos principais motivos para que fossem convidas a participar do projeto. A apresentadora adorou a experiência: "quero que me chamem de novo!".Fábio Assunção, que dublou o dinossauro Aladar, personagem principal do filme, confessou que sua preocupação era fazer uma dublagem à altura da qualidade do filme. Mas em nenhum momento, comparou sua atuação com a dublagem americana. "Aqui o trabalho é mais difícil porque as falas são cronometradas. Nos E.U.A os atores gravam a fala antes mesmo do filme estar pronto", explicou Garcia Júnior. Fábio Assunção gravou cerca de 120 takes. Nair Belo e Hebe Camargo, 40. Malu Made participou de 30. O estúdio Disney espera que no Brasil cerca de 4 milhões de pessoas assistam Dinossauro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.