Sony Pictures
Sony Pictures

Diferença salarial entre Mark Wahlberg e Michelle Williams gera alvoroço em Hollywood

Ator teria recebido 1.500 vezes mais do que atriz para regravar cenas em 'Todo o dinheiro do mundo'

AFP

11 Janeiro 2018 | 11h10

As notícias de que o ator americano Mark Wahlberg ganhou 1.500 vezes mais do que sua colega mulher Michelle Williams para voltar a filmar cenas do filme Todo o dinheiro do mundo causaram uma grande revolta em Hollywood.

Ridley Scott voltou a rodar parcialmente seu último filme depois que Kevin Spacey, que o protagonizava, foi demitido após acusações de conduta sexual inapropriada. Wahlberg e Williams foram convocados para repetir as cenas com o substituto de Spacey, Christopher Plummer.

Entretanto, de acordo com o USA Today, Williams ganhou por seu trabalho uma remuneração diária de 80 dólares, uma quantidade que no total não chega a 1.000 dólares e que representa menos de 0,07% dos 1,5 milhão que Wahlberg recebeu.

"Por favor vão ver a atuação de Michelle em Todo o dinheiro do mundo. Ela é uma atriz brilhante, indicada ao Oscar e ganhadora de um Globo de Ouro", escreveu indignada no Twitter Jessica Chastain.

** Grupo acusa Catherine Deneuve de fazer 'apologia do estupro'

"Trabalhou na indústria 20 anos. Merece mais de um por cento do salário que recebe seu colega homem", indicou.

A atriz e ativista Amber Tamblyn descreveu como "totalmente inaceitável" a grande diferença do pagamento reportado, enquanto a veterana produtora Judd Apatow considerou que se trata de "um desastre que é difícil de acreditar".

A também ganhadora do Globo de Ouro Mia Farrow disse que a disparidade foi "ofensivamente injusta", acrescentando que ela "nunca, jamais, recebeu nem sequer um quarto do que o que cobrava o homem protagonista".

** Globo de Ouro celebra as mulheres e fortalece 'Lady Bird' e 'Três Anúncios Para um Crime'

Antes Williams havia dito ao USA Today que valorizava o esforço de voltar a rodar o filme, que narra o sequestro do neto do empresário petroleiro J. Paul Getty. "Eles poderiam ficar com o meu salário."

Scott disse, por sua vez, que os atores, incluindo Williams e Wahlberg, apareceram "por nada" para filmar de novo as cenas em 10 de novembro, mas o USA Today afirmou que a agência de Wahlberg renegociou depois seus honorários.

** Robin Wright pede o mesmo salário que Kevin Spacey em 'House of Cards'

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.